domingo, 12 de junho de 2016

Produtos #3 - Cereais de Pequeno-Almoço

Aqui estou eu novamente com um post de produtos, desta vez sobre um tema altamente inovador e inexplorado: cereais de pequeno-almoço (segurem esses queixos). 

A esmagadora maioria das opções disponíveis de cereais deste género está carregada de açúcar, farinha refinada e muitos outros aditivos - como diria um René Descartes moderno e fit, 'para examinar a verdade, é necessário, uma vez na vida, colocar todas as coisas todos os cereais em dúvida o máximo possível'. Longe de mim passar horas a escrever um post desnecessário com fotos de cada tipo de cereal pouco saudável disponível no mercado contradizer o renomado filósofo, ao invés de começar a enumerar todas as opções de cereais não saudáveis vou mencionar apenas as que considero que são. 

*olhar de aprovação* (foto daqui)
Se repararem bem, é ele quem está na capa dos cereais da 'Quaker'... :P

Assim sendo, só em jeito de esclarecimento e porque já sei o quanto precisam dele, deixo um pequeno diálogo imaginário entre mim e alguém que ainda tenha dúvidas quanto aos cereais comuns não serem saudáveis.

'Nem mesmo os cereais fitness são saudáveis?'
'Não.'
'E os kellog's, que não são tão doces?'
'Não.'
'Os chocapics têm cereais integrais. Esses já são saudáveis?'
'Não.'
'Granolas de compra?'
'Não.'
'Recheados com chocolate?'
'Boa tentativa Não.'

Imagino que tenham percebido a ideia... ;) 

Agora que já tiramos esta parte a limpo, podemos prosseguir. Começando pelo mais simples:

Muesli

Se há cereais que têm potencial para serem muito 'clean' são os mueslis. Consistem, no geral, numa mistura de aveia, frutos secos e fruta, tudo cru. No entanto, é preciso ter bastante atenção aos rótulos - a maior parte dos que se encontram nos supermercados têm açúcar adicionado. A maior parte dos que não têm está em zonas do supermercado dedicadas a produtos saudáveis que têm como objetivo justificar preços exagerados, mas há na zona dos cereais de alguns (do Continente, por exemplo) um da 'Alpen', com embalagem azul, sem açúcar também (mas tem leite em pó adicionado, algo desnecessário).

Podem, como ótimos detetives que imagino que sejam, constatar que não inseri aqui nenhuma fotografia de muesli - isto deve-se a eu não comprar nenhum há séculos. 'Porquê?', perguntam vocês? Porque os que não têm açúcar tendem a ser excessivamente caros, e não estou para pagar 5 euros por um pacote com ingredientes baratos que posso simplesmente misturar em casa sem adicionar ingredientes horríveis como passas (não se note a parcialidade na apreciação das passas). Sugiro que façam o mesmo; basta misturar num frasco grande cereais (gosto especialmente de aveia) com sementes ao vosso gosto, frutos secos e, caso sejam fãs de passas, vergonha na cara passas. Simples e económico ;)

Granola

A granola é, basicamente, o parente tostado do muesli. O facto de ser tostada é visto pelas marcas como uma oportunidade de lhe adicionar açúcar, óleos e outros ingredientes menos maus, de forma a fazer aglomerados e ficar mais doce e crocante. Assim sendo, é bastante mais difícil encontrar granola saudável do que muesli saudável - sugiro mesmo que façam em casa, porque fica deliciosa. Não querendo ser parcial na sugestão da receita... 

...A minha é deliciosa ;)
Corn Flakes

Os corn flakes, por serem feitos a partir de flocos de milho e não de farinha, têm menos hipóteses de estar carregados de açúcar, pelo que no geral são um bom partido. No entanto, temos novamente de considerar a paixão da indústria pelos ingredientes menos saudáveis, que acabam por ser adicionados na maior parte das vezes. Desta forma, se forem ler a maior parte dos rótulos deste género de cereais no supermercado, verão que incluem açúcar.

No entanto, encontram-se com relativa facilidade versões não açucaradas (felizmente). Acho que há da marca do mini preço, por exemplo, mas não tenho a certeza e nunca comprei. Aqui está um exemplo de uma lista de ingredientes decente, admirem:

Um raro avistamento nos dias de hoje
A qualidade da foto é que já não está tão decente - não se pode ter tudo... ;)

E a que pacote de cereais pertence esta promissora amostra, perguntam vocês? 

Corn Flakes da marca 'Nacional'
São bastante comuns, encontram-nos na maior parte das superfícies comerciais. Rondam os 2 euros por caixa, o que, não sendo propriamente um valor baixo se compararmos com as versões de marca branca, não é tão alto assim tendo em conta os preços de outros cereais saudáveis.

Weetabix


Estes cereais são bastante populares, e na minha opinião até que merecem sê-lo, porque são bons e versáteis. A lista de ingredientes inclui açúcar, mas a percentagem deste é bastante pequena (já que 95% do conteúdo é trigo integral).

O preço normalmente é puxado, mas encontro no fiel E. Leclerc a embalagem acima, com 36 unidades, a cerca de 3 euros. Fica a pouco mais de 5 euros/kg, menos do que na maior parte dos supermercados. Por alguma razão, estes cereais raramente têm descontos. Go figure :P

Quando os comprei pela primeira vez fiquei um bocado na dúvida quanto à preparação. Normalmente os cereais tradicionais vêm prontos para adicionar ao leite ou iogurte, mas os weetabix são especiais. Uma pessoa abre a embalagem e depara-se com isto:

What?!
Sim, eu sei que a imagem na capa dos cereais é já bastante elucidativa quanto ao aspeto destes, mas a materialização da estranheza tem um impacto maior. 

Como sou uma boa samaritana, vou dar-vos exemplos de como preparar os cereais. Devem saber que sou uma pessoa original antes de seguirem para a primeira foto, senão vejam:

Weetabix com iogurte, mel e avelãs
Segurem-se nessas cadeiras. ;)

Podem ir desfazendo os pedaços de weetabix rudimentarmente com a colher enquanto comem devido a terem-nos colocado inteiros no iogurte de modo a poder colocar uma fotografia arranjadinha no blog (quem não? :P), mas há sempre a hipótese de ser uma pessoa normal e esfarelar os cereais antes para tornar a tarefa mais fácil. 

Até conciliar as duas coisas, se se estiverem a sentir inspirados...
Apesar de ser óbvia, esta mistura é agradável, uma forma bastante prática de os utilizar e resulta bastante bem, pelo que não podia deixar de marcar presença. O quê, querem outra forma óbvia e prática de os utilizar? Oh, you (ler isto com a voz do Hugh Laurie). Satisfaço-vos a vontade.

Weetabix com banana, avelãs e leite de amêndoa
Podem comer a mistura fria (é até bastante agradável; se não quiserem que fique demasiado mole é uma boa opção) ou quente. Se preferirem este último modo, aqueçam simplesmente os blocos inteiros com leite até metade da altura. Os cereais ficam molinhos com uma capa crocante, é bastante agradável. Porquê necessariamente inteiros? Porque se os colocarem não inteiros estarão a saltar a fronteira entre esta sugestão e a próxima. Acho que depois desta suave transição estão preparados para a conhecer:

Papas de weetabix de café com avelãs e chocolate negro
Que não conheciam de todo devido a uma publicação que fiz recentemente. Nope. Surpresa. 

Agora que reparo nas últimas 4 fotos, acho que tenho algum problema por resolver com weetabix e avelãs... :P

Por último, uma opção mais elaborada:

Panquecas de weetabix (neste caso com iogurte e mirtilos)
Mais panquecas de weetabix, estas com nozes pecan e mel
Estas panquecas são muito boas: altinhas, húmidas e saborosas. Tenho recebido muitas mensagens de gente que experimentou e ficou fã, o que é sempre um bom indicador :)

Se nenhuma destas ideias vos agradar (vamos por momentos assumir que é possível), podem sempre tirar uma fotografia a alguns dos blocos e perder tempo a infantilmente decorá-los no computador de modo a que estes pareçam minions, para fazer valer a compra.

Último recurso
(Não me digam que sou a única a aperceber-me das semelhanças...)

De ressalvar que os cereais neste post são os que têm listas de ingredientes mais 'limpas' - quando me refiro a eles como saudáveis, quero dizer que são consensualmente melhores do que os carregados de açúcar, a questão de o cereal em si ser ou não benéfico é discutível.

À parte destes, há sempre alguns cereais específicos sem glúten ou açúcar nos supermercados que podem ser bonzinhos, mas tentei mencionar apenas os mais acessíveis. 

Caso tenham ficado curiosos quanto  ao motivo pelo qual não inclui aveia nesta categoria, trato de esclarecer: devido à sua fama e particularidades, ela vai ter direito a um post em separado. Fica um teaser:

Num mundo onde dominam os 'Chocapic'...
Até lá tentem refrear todo esse entusiasmo... ;)

37 comentários:

  1. Adorei!
    E ainda como não provei...Vou provar! :)

    ResponderEliminar
  2. Oi amiga!
    Quantas dicas boas eu encontrei por aqui hoje. Realmente vez por outra ficamos mesmo com essas dúvidas. Saio daqui hoje mais esperta nas minhas compras. kkkk
    Bjssss amiga e uma semana abençoada /vcs

    ResponderEliminar
  3. Comprei a dita embalagem de Corn Flakes no Mini Preço da última vez que lá fui. Confirmo que existe (375g/1.28€), mas ainda não os provei... Na verdade já não como há muito tempo daí a compulsão em pô-los no carrinho.

    Mas os weetabix.... desde miúda que não como isso!! Estava completamente perdido na minha memória. Sim, porque eu era a miúda estranha que preferia weetabix e cornflakes aos chocapics e estrelitas que andavam lá por casa (também comia, que fique esclarecido). Nunca me passou pela cabeça desfazer os weetabix. Tira toda a emoção da coisa :P Também nunca me lembrei de os usar para fazer panquecas. Ainda bem, acho eu... (pois devem ser deliciosas!).

    ResponderEliminar
  4. Dicas maravilhosas amei
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  5. Adorei o post! Muito bom mesmo! Eu cá compro os corn flakes da Nacional, para mim,(e por não conter glúten), são os melhores, ah e açúcar adicionado. Uma pessoa já não tem escolha sobre o que come? Quase tudo tem açucar. Raios!

    A aveia, gosto muito, é pena o valor daquelas que não contém glúten. Uma roubalheira. (eu sei que a aveia em si não contém, mas é facilmente contaminada)

    ResponderEliminar
  6. muito esclarecedor e cheio de humor, parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Tu não fazes ideia do que me fazes rir! :P
    Quanto a passas junta mais uma pessoa no teu "clube" de pessoas que odeiam passas. Em tempo adorei passas mas depois por causa de um trauma nojento, que é melhor não contar aqui, passei a odiar!
    Muesli não gosto mas da granola que fiz fiquei fã!
    E das coisas que aqui apresentas só como os corn flakes, exactamente esses, por achar que são dos únicos saudáveis disponíveis no mercado! :D
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não contes, não contes, que eu ainda pertenço ao outro clube e por lá quero continuar ;)

      Eliminar
  8. Gostei das dicas, aqui em casa faço muito granola pois todos gostam e também como muito papas de aveia.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  9. Avelã da minha alma, mais papas? Não, não me deixo vencer pelo cansaço!
    Já o texto ... Oh! Pá! E a entrevista / diálogo / questionário?
    Engracadissima!
    Vá lá que sugeres umas panquecas!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Nada como uma boa granola caseira!
    Mas gostei ali da ideia dos weetabix minions :)

    ResponderEliminar
  11. Eu não ligo muito a cereais, mas adoro granola e faço de vez em quando ;) Aliás ainda tenho aquela tua receita de granola de aveia na lista para experimentar!
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Fantástico post. Bastante esclarecedor e é uma ajuda fantástica.
    Beijinhos!!
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  13. Fantástico post Avelã! Muito útil mesmo.

    Beijinhos Ana

    https://acasinhadasbolachas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. Adoro não só suas dicas, mas o ótimo humor dos seus textos ("ler com voz do Hugh Laurie" me matou de rir!). Fiquei com vontade de provar as panquecas!
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  15. Os weetabix nunca faltam cá em casa! São os meus cereais de eleição!
    Também me faz confusão a quantidade absurda de açúcar de que os cereais são compostos. É ridículo. E pensar que muitas crianças os comem ao pequeno-almoço com os pais a pensar que estão a fazer uma grande coisa.

    ResponderEliminar
  16. Gostei imensooo de ler este post e ver estas opções!!! Adoro Granola!!!
    Grande beijinho,
    Madalena

    www.maadalenaaa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Como eu adorei ler este post, só me fazes rir :D
    Mas concordo contigo, cada vez mais é difícil encontrar sugestões saudáveis e por isso agora viciei-me me granola caseira, além de MUITO mais saudável é também mais económica e fazemos com os ingredientes que nos apetece :)
    Fico a aguardar a aveia, algo que virou cliente assíduo desta cozinha e até são mesmo esses que irão aparecer "brevemente" por cá :D
    Beijinhos ...
    Guloso qb


    ResponderEliminar
  18. Querida Avelã,
    É muito difícil encontrar um produto industrializado saudável.
    Gostei da sua postagem, super esclarecedora, valeu!

    Beijinhos, ótima semana! ♥

    ResponderEliminar
  19. Oi amiga!
    Obrigada pelas palavras carinhosas deixadas no meu blog!
    Bjsssss e uma noite abençoada p/vcs

    ResponderEliminar
  20. Eu adoro granola, diretamente do pacote - como snack - e no gelado de banana que por vezes faço. Tenho que começar a fazê-la :)

    ResponderEliminar
  21. A minha infância deve ter sido muito triste porque nunca tinha ouvido falar de weetabix. Eu já não compra faz tempo cereais de pacote, misturo a aveia com uma data de frutos secos (e passas) junto banana cortada ou arandos secos (que também são frutos secos ok) molho tudo com leite de soja e bota cá para dentro

    ResponderEliminar
  22. Já uma vez tinhas falado nestes weetabix, penso que nas tais panquecas e achei que deviam ser bons mas nunca os encontrei!
    Infelizmente produtos à venda em hipermercados com grandes validade e grandes misturas não são saudáveis!
    É de facto preferivel fazermos a nossa própria granola, alem de podermos escolher o que colocamos ou não e fazer as variações que queremos à nossa maneira!
    Vou tentar procurar os tais weetabix quando for à figueira (lá há esse supermercado :p)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. adoro mueslis e granolas. Mas agora deixei-me disso. Vai leite com um pão integral, de cereais ou de centeio com uma pequenina camada de manteiga e canela por cima.

    ResponderEliminar
  24. As tuas dicas são sempre fantásticas. Parabéns pelo post (que vou guardar). Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Gostei imenso de ler isto! Nunca (repito: nunca) vou ser o tipo de pessoa que faz o seu muesli ou granola em casa, com muita pena minha, mas vamos ser sinceros... Nem o sumo de fruta natural que me mandaram beber todos os dias eu faço em casa. Prefiro ir à secção biológica do supermercado de dois em dois dias. Eu e a cozinha temos uma relação difícil. Mas adorei ler isto e fiquei ainda com mais vontade de ir comprar Weetabix (=

    ResponderEliminar
  26. É por isso que não me separo da minha aveia do coração! :)

    ResponderEliminar
  27. Olá
    Eu já estou seguindo seu blog, eu sou seu seguidor 505, e siga meu blog através deste link: http://mibonitolugar.blogspot.com.es/
    lembranças

    ResponderEliminar
  28. Todos são maravilhoso mais eu amo aveia
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  29. Bom dia, Avelã!
    Como fui criada aprendendo a verificar essas coisas, acho que sou como vc na hora de comprá-los. Não justificam o preço alto por não terem açúcar, então, deveriam até, ser mais baratos.
    Gosto dos rústicos, sem açúcar e a mistureba é feita em casa mesmo. Aqui em São Paulo temos locais que vendem vários tipos de cereais à granel, o que torna a escolha farta e o preço convidativo.
    Quando era criança, o único cereal era Sucrilhos, mas com o passar do tempo, é tanto açúcar no coitado que quando termina a caixa dá pra encher um açucareiro rsrs. Este está riscado da minha lista há um bom tempo, assim como o Musli e as barrinhas de cereais (que viraram aglomerados de açúcar).

    Gostei da citação do Descartes.

    Abraços e feliz dia.

    ResponderEliminar
  30. Eu antes comprava um muesli do Pingo Doce que era tipo delicioso até ao dia que li o rótulo. Resultado. Comecei a fazer a minha própria granola :p ehehe

    ResponderEliminar
  31. Uau!! Que grande dica! Também eu gosto de testar e fazer as coisas em casa e comprar menos manufaturados :P

    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
  32. Ai, o quanto eu adoro estes posts avelã... Bastante elucidativos e com uma linguagem particular que me faz rir imenso, mas muito explícita :-) Parabéns! Venham mais explicações deste género... E acho que os minnions acabaram de me convencer para dar uma 'abébia' ao weetabix :-)

    ResponderEliminar
  33. Nós comemos quase sempre especial K ou Kellogs e apesar de sabermos que saudáveis não são, as quantidades ingeridas talvez não façam assim tanto mal.
    Weetabix tanto eu como o namorado não gostamos nada.
    Hei-de ver aqueles que mostras da Nacional =)

    Mas é um excelente post, super explicativo.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  34. Fiquei com vontade de dar uma segunda oportunidade ao Weetabix. Há mais de um ano que deixamos de comer cereais cá em casa. Troquei por granola caseira e tapioca. Mas há aquelas semanas que dá a preguiça de fazer granola e ter uma alternativa era bom.
    Quando era miúda passava um anúncio da tv super giro da weetabix, fiz a minha mãe comprar e .... não gostei. Está na hora de lhe dar a segunda oportunidade. :P

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...